Os Grandes Prémios O Jogo e Jornal de Notícias em bicicleta foram marcados para depois das novas datas da Volta a Portugal, no mês de outubro, segundo um novo calendário publicado hoje pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Segundo o calendário, o prémio O Jogo decorre em 10 e 11 de outubro, antes da corrida do JN, de 13 a 18 do mesmo mês, encerrando a época de estrada já depois da prova ‘rainha’, a Volta a Portugal.

A Federação assumiu a organização da prova e apontou como novas datas para o evento uma corrida de nove dias, sem dia de descanso, entre 27 de setembro e 05 de outubro.

No novo calendário, nota para a antecipação dos Nacionais de estrada, para os quais a União Ciclista Internacional (UCI) tinha apontado, como referência, o fim de semana de 21 a 23 de agosto.

Em Portugal, o campeonato vai decorrer em 14 de agosto, na especialidade de contrarrelógio, enquanto a prova de fundo para sub-23 está marcada para dia 15 e os corredores de elite discutem o título no dia 16.

Além do campeonato nacional de rampa, nota também para o Grande Prémio de Torres Vedras - Troféu Joaquim Agostinho, marcado para 19 e 20 de setembro, dia dos Nacionais de contrarrelógio no feminino, juniores e veteranos.

A FPC publicou ainda novas datas para as vertentes de BTT, BMX e ciclocrosse, com o nacional de ‘downhill’ no dia 20 de setembro, o nacional de ‘cross country’ olímpico em 27 de setembro, o nacional de enduro em 25 de outubro e a Taça do Mundo de ‘downhill’ de 29 de outubro a 01 de novembro.

O campeonato nacional de BMX está marcado para 17 de outubro.

Segundo comunicado da federação, foi dada prioridade "a corridas individuais, de risco baixo, e criaram-se normas específicas para a organização de eventos de cada uma das vertentes" tendo em conta a pandemia de covid-19.

O pelotão de estrada regressou à competição com a Prova de Reabertura, em Anadia, vencida por Rui Costa (UAE Emirates), em 05 de julho, depois de ter estado sem competir desde meados de março.

Ainda assim, o regresso foi curto, uma vez que o Troféu Joaquim Agostinho foi adiado para setembro, devido a um caso positivo na organização, enquanto a Volta a Portugal ganhou nova data após a federação assumir a organização, depois de já ter feito aprovar um plano de segurança por parte da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.