O alemão Jan Ullrich, que conta no currículo um título de campeão olímpico (Sidnei 2000), uma Volta à França (1997) e uma Volta à Espanha (1999) confessou em entrevista ao 'podcast' de Lance Armstrong que esteve próximo da morte devido ao consumo de drogas.

"Há três anos tive grande problemas. Foste [Armstrong] visitar-me isso e deixou-me muito feliz. Estive próximo da morte tal como o Marco Pantani (ciclista italiano que faleceu em 2004 depois de uma paragem cardíaca devido a uma overdose de cocaína). (...) Esqueci-me do que era bom para mim durante 15 ou 20 anos. Nessa altura, esqueci-me dos meus filhos, da família e esse foi o meu problema. Mas agora recuperei e tenho bons amigos, sinto-me feliz", afirmou Ullrich.

O germânico contou ainda como voltou a praticar ciclismo, abraçando também um estilo de vida saudável. "Deus deu-me este corpo e este talento. Comigo não há meio termo, ou não faço nada ou trabalho no máximo. (...) Treino todos os dias e bebo muita águia. Tenho um estilo de vida saudável e a minha namorada também cozinha comida muito saudável."

Entre 2000 e 2004, Jan Ullrich ficou em segundo lugar do Tou atrás de Lance Armstrong. O norte-americano acabou mais tarde por perder os sete títulos conquistados devido a um escândalo de doping.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.