Os portugueses Iuri Leitão e João Matias alcançaram hoje a sexta posição na prova de madison da Taça do Mundo de ciclismo de pista, em Milton, no Canadá, o melhor resultado luso da presente temporada.

Numa prova de grande intensidade, na qual pontuaram 12 das 15 seleções presentes, Iuri Leitão e João Matias somaram 15 pontos, concluindo a corrida à frente dos adversários diretos na luta pela qualificação olímpica.

Os Países Baixos venceram folgadamente a corrida deste domingo, graças aos 76 pontos somados por Jan-Willem van Schip e Yoeri Havik. Os britânicos Ethan Hayter e Oliver Wood ficaram com a medalha de prata, depois de amealharem 50 pontos, mais 12 do que os 38 que permitiram aos franceses Benjamin Thomas e Donovan Vincent Grondin fecharem o pódio.

O omnium feminino é a disciplina em que Portugal está mais perto da qualificação para Tóquio2020 e Maria Martins confirmou a ambição com o sexto lugar, com 88 pontos.

A vitória sorriu à norte-americana Jennifer Valente, com 134 pontos. A italiana Letizia Paternoster, com 114, e a irlandesa Emily Kay, com 102, completaram o pódio.

Ivo Oliveira foi o primeiro português a competir na ronda de Milton da Taça do Mundo, disputando o concurso olímpico de omnium, entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. O gaiense foi o nono classificado, acrescentando 45 pontos ao pecúlio de Portugal no ‘ranking’ de qualificação olímpica.

O holandês Jan-Willem van Schip dominou, com 150 pontos, seguido pelo polaco Daniel Staniszewski, com 137, e pelo norte-americano Gavin Hoover, com 134.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.