A equipa espanhola Movistar vai levar um quarteto de possíveis líderes à Volta a França em bicicleta, do veterano espanhol Alejandro Valverde ao colombiano Miguel Ángel López, nomes maiores da convocatória hoje divulgada.

A López, a cumprir a primeira temporada na equipa, e a Valverde somam-se os espanhóis Enric Mas e Marc Soler, num quarteto que tem possibilidades de lutar pela geral e por vitórias em etapas, com destaque para Mas, que foi quinto em 2020.

Oficialmente, a liderança da Movistar será repartida entre o espanhol de 26 anos e o colombiano, que foi sexto na edição transata e tem dado boas indicações no arranque da temporada a caminho de Brest, de onde o Tour parte no próximo sábado, rumo a Paris, onde a 108.ª edição termina em 18 de julho.

Se López venceu o Mont Ventoux Denivelé Challenge, Mas não fez muito pior e foi terceiro, na antecâmara da ‘Grande Boucle’, com o colombiano a conquistar este ano também a Volta à Andaluzia e a ser sexto na classificação final do Critério do Dauphiné.

A equipa fica completa com os espanhóis Carlos Verona, Imanol Erviti, Iván García Cortina e Jorge Arcas, na que é a 39.ª participação consecutiva da equipa espanhola.

Além de Mas e López, o veterano Valverde, de 41 anos, poderá sobressair em várias chegadas, ainda que esteja a ‘pensar’ também nos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.