Os ciclistas portugueses Gonçalo Tavares e António Morgado correram esta madrugada o contra-relógio individual dos Mundiais de Estrada na categoria de juniores.

Gonçalo Tavares terminou a prova com o 19º tempo (37.22,09 minutos), enquanto que António Morgado apareceu imediatamente a seguir com o 20º melhor tempo (37.24,56 minutos).

Sabemos que o contrarrelógio não é ainda o forte do António e do Gonçalo, que terão de trabalhar esta especialidade. Em percursos mais duros conseguem defender-se melhor. Mas em percursos como estes, em que a cadência é um fator preponderante, acabam por ceder mais tempo para os primeiros. O vento foi outro elemento determinante, porque foi crescendo de intensidade. O nosso resultado acaba por enquadrar-se dentro do que é normal", disse no final José Poeira, selecionador nacional.

O vencedor da prova acabou por ser o britânico Joshua Tarling com o tempo de 34:59.26 minutos.

Na próxima quinta-feira será a altura dos ciclistas correrem a prova de fundo. Um percurso de 135,6 quilómetros onde, para além de Gonçalo Tavares e António Morgado, vão estar também Daniel Lima, José Bicho e Tiago Nunes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.