O britânico Peter Kennaugh (Sky) venceu hoje a primeira etapa do Critério do Dauphiné, uma das principais provas na antecâmara da Volta a França em bicicleta, impondo-se em Albertville com um ligeiro avanço sobre o pelotão.

Kennaugh cruzou a linha com dois segundos de vantagem sobre o grande grupo, encabeçado pelo italiano Sacha Modolo (Lampre-Merida), à frente do norueguês Edvald Boasson Hagen (MTN Qhubeka), no final dos 131,5 quilómetros da tirada iniciada em Ugine.

Os cinco portugueses presentes na prova concluíram a etapa no seio do pelotão, todos a dois segundos do primeiro líder da prova. José Mendes (Bora-Argon 18) foi o 19.º, seguido de imediato por Rui Costa (Lampre-Merida), enquanto Bruno Pires (Tinkoff-Saxo) foi 25.º e Nelson Oliveira (Lampre-Merida) e Tiago Machado (Katusha) também chegaram juntos, em 40.º e 41.º.

Para triunfar em Albertville, Kennaugh atacou a dois quilómetros da meta a conseguiu ganhar vantagem suficiente para 'sobreviver' à tentativa de recuperação do pelotão, depois de Bjorn Thurau, último resistente de uma lançada logo no início, ter sido absorvido a 4.000 metros do final.

"Esperei até aos últimos dois quilómetros e meio, porque sabia que era a distância duante a qual conseguia aguentar o esforço", afirmou o corredor da Ilha de Man - conterrâneo da Mark Cavendish - campeão britânico em título, que celebra 26 anos a 15 de junho.

Com a segunda vitória da temporada no bolso e os respetivos 10 segundos de bonificação, Kennaugh lidera a prova com seis segundos de avanço sobre Modolo e oito sobre Boasson Hagen, enquanto a grande maioria está a 12, incluindo os portugueses, nas mesmas posições em que terminaram a etapa.

O espanhol Alejandro Valverde (Movistar), um dos candidatos ao triunfo no Tour e vencedor do Dauphiné em 2008 e 2009, o britânico Chris Froome (Sky), ganhador de uma e outra em 2013, seguem em oitavo e 16.º, respetivamente. O norte-americano Andrew Talansky (Cannondale-GArmin), vencedor da prova no ano passado, segue em 24.º.

Na segunda-feira, a segunda etapa vai ligar Le Bourget-du-Lac ao Parc des oiseaux, em Villars-les-Dombes, na extensão de 173 quilómetros, com uma contagem de montanha de primeira categoria a 99 quilómetros da meta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.