O belga Jasper Philipsen (UAE Emirates) venceu ao 'sprint' a primeira etapa do Binckbank Tour, na cidade belga de Ardooie, num dia marcado por uma queda numerosa, que afastou, entre outros, todos os seus colegas de equipa.

Depois da queda a cerca de quatro quilómetros da chegada, que fez mossa nas aspirações à geral de dezenas de corredores, foi Philipsen, de 22 anos, a triunfar, completando os 132,1 quilómetros entre Blankenberge e Ardooie em 2:59.26 horas.

O dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo), campeão do mundo de fundo em 2019, foi segundo, com o alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe), que abriu o 'sprint', a fechar o pódio.

Os resultados ficam ensombrados por uma queda, que, a pouco mais de quatro mil metros do fim, retirou grande parte do pelotão da discussão, incluindo os portugueses Ivo Oliveira e Rui Oliveira, da UAE Emirates, que ainda assim contou com o vencedor da tirada.

Os irmãos terminaram em 147.º (Ivo) e 148.º (Rui), a vários minutos do vencedor, com a geral individual a 'plasmar' o pódio da primeira etapa.

A segunda de cinco etapas disputa-se na quarta-feira, com um contrarrelógio individual em Vlissingen, de 10,9 quilómetros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.