Um dia depois do prólogo que entregou a camisola amarela ao alemão Christoph Pfingsten (De Rijke-Shanks), o pelotão da Volta a Portugal em bicicleta enfrenta hoje a primeira etapa, a mais longa, com 203,3 quilómetros entre Bombarral e Aveiro.

O contrarrelógio por equipas da véspera dá lugar a uma tirada em linha, que será também a primeira ocasião para os “sprinters” tentarem a sua sorte, dado o perfil plano que apresenta o percurso, num cenário em que Christoph Pfingsten vai tentar defender a liderança.

O germânico arranca para a etapa com o mesmo tempo dos holandeses Bas Stamsnijder e Kobus Hereijgers, seus companheiros de equipa, tendo como adversários mais próximos, a dois segundos, três homens da Leopard-Trek, o belga Sean de Bie, o português Fábio Silvestre e o espanhol Jesus Ezquerra.

Uma previsível chegada em pelotão compacto vai conceder o destaque aos finalizadores mais rápidos, mas neste pressuposto, tendo em conta a inexistência de bonificações, Pfingsten conservará a camisola.

Com partida às 12h20 e chegada prevista para cerca as 17h30, a etapa apresenta três metas volantes, nas Caldas da Rainha (km 14,5), Figueira da Foz (km 130,3) e Ílhavo (km 187,6).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.