O ciclista Rafael Reis, da equipa Cerâmica Flaminia-Fondriest, sagrou-se hoje campeão nacional de contrarrelógio de sub-23, prova que abriu os Campeonatos de Estrada, a decorrer até domingo em Pataias, Alcobaça.

Rafael Reis cumpriu os 27,8 quilómetros do percurso, com partida e chegada junto às Piscinas de Pataias, em 36,18 minutos, impondo-se a Victor Valinho, da Dunas Douradas, e Carlos Ribeiro, da Anicolor, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

«É o terceiro campeonato nacional de contrarrelógio que venço e é sempre um objetivo ótimo para qualquer pessoa concretizar», disse Rafael Reis, adiantando que agora já está focado nos Europeus.

Rafael Reis admitiu que o objetivo principal era o de ganhar os campeonatos nacionais, mas um bom resultado nos Europeus, que estão a ser bem preparados, está também na mente do ciclista.

«Agora estou bastante focado para daqui a pouco menos de um mês fazer o Campeonato da Europa de contrarrelógio e espero aí ter o resultado que preciso», disse ainda o novo campeão nacional de sub-23.

Os Nacionais de estrada de elite e sub-23, que pelo terceiro ano consecutivo decorrem em Pataias, vão reunir os melhores ciclistas portugueses, com destaque para Rui Costa, que no domingo venceu a Volta à Suíçae ascendeu à 10.ª posição do “ranking” mundial.

Além do ciclista da Movistar, em Pataias vão estar Nelson Oliveira e Tiago Machado, da RadioShack, Sérgio Paulinho e Bruno Pires, que representam a cores da Team Saxo-Tinkoff, o atual campeão de fundo, Manuel Cardoso, e André Cardoso, seu colega na Caja Rural, Ricardo Mestre, da Euskaltel-Euskadi, e José Mendes, da NetApp-Endura.

Ainda hoje será a vez dos ciclistas da categoria elite enfrentarem o contrarrelógio durante 34 quilómetros, num percurso semelhante aos dos sub-23, mas que compreende duas passagens pela meta.

Para o fim de semana ficam reservadas as provas em linha das duas categorias: no sábado, pelas 15h00, será dado o tiro de partida para a competição dos sub-23, que terão pela frente 154,8 quilómetros distribuídos por um circuito de 17,2 quilómetros, percorrido por nove vezes, entre a Vila de Pataias, a Praia de Paredes da Vitória e a Burinhosa.

No dia seguinte, é a vez de a categoria elite lutar pelo título de campeão português, com a partida para os 172 quilómetros, ou seja, dez voltas ao circuito, a ser dada às 12h00.

Os atuais portadores da camisola das “quinas” das provas que faltam disputar são Manuel Cardoso, José Gonçalves (contrarrelógio de elites) e Pedro Paulinho (fundo sub-23).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.