O ciclista australiano Richie Porte anunciou no domingo, no final do contrarrelógio por equipas da Volta a França, que a sua ligação com a equipa da Sky termina no final do ano.

“Este é o meu último ‘Tour’ pela Sky e quero terminar em beleza com a vitória do meu amigo Chris Froome”, disse o ciclista ao canal de televisão australiano SBS, acrescentando que vai procurar uma equipa na qual possa ser chefe de fila.

Porte, de 30 anos, que está no seu último ano de contrato com a equipa britânica, confirmou assim os múltiplos rumores de uma possível saída.

Após quatro anos na Sky, nos quais desempenhou um papel fundamental para as vitórias de Bradley Wiggins e Chris Froome na Volta a França, em 2012 e 2013, respetivamente, promete agora agitar o mercado de transferências. As equipas BMC, Etixx-QuickStep e Orica-Greenedge já demonstraram interesse em contar com o ciclista.

O corredor, que já vestiu a camisola da juventude no Volta a Itália em 2010, venceu também o Paris-Nice em 2013, no entanto, nunca conseguiu assumir-se como líder da Sky e tem vindo a trabalhar para Chris Froome, líder da presente edição do ‘Tour’, em que hoje se cumpre um dia de descanso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.