A capital Roma vai voltar a receber a Volta a Itália em bicicleta, acolhendo a etapa final da edição de 2023, cujo percurso, hoje revelado, é favorável aos escaladores, mas terá mais de 70 quilómetros em contrarrelógio.

Entre 06 e 28 de maio, os ciclistas vão percorrer 3.448,6 quilómetros, divididos em 21 etapas, num total de 51.300 metros de desnível positivo e 70,6 quilómetros de 'crono'.

Desde 2013, quando houve 75,4 em exercício individual, que os ciclistas não tinham de ultrapassar mais 70 quilómetros de contrarrelógio.

Será dessa forma que será conhecido o primeiro camisola rosa da 106.ª edição do Giro, com 18,4 quilómetros entre Fossacesia e Ortona, no 'crono' mais curto da prova, quase metade dos 33,6 da nona etapa, entre Savignano sul Rubicone e Cesena.

Na 20.ª e penúltima etapa, uma 'crono-escalada' tirará as dúvidas sobre o sucessor do australiano Jai Hindley como vencedor da 'corsa rosa', com 18,6 quilómetros entre Tarvisio e Monte Lussari, com os últimos 7,5 a serem feitos em subida, a 12% de média.

Com várias etapas de média/alta montanha no percurso, serão quatro as grandes etapas para os escaladores, duas das quais na derradeira semana, com a chegada ao Monte Bondone na 16.ª etapa e a escalada ao Tre Cime di Lavaredo, na 19.ª e penúltima.

Antes da exigente terceira semana, com apenas duas etapas 'tranquilas', uma das quais na chegada a Roma, onde será consagrado o vencedor, os ciclistas ainda terão as grandes chegadas ao Gran Sasso (sétima etapa) e Crans Montana (13.ª), numa curta viagem à Suíça.

A chegada a Roma, para a 21.ª e última etapa, poderá ser controversa, devida à esburacada calçada romana, uma vez que, em 2018, os últimos quilómetros foram neutralizados, devido ao perigo do percurso.

Percurso da edição de 2023 do Giro:

06 mai: 1.ª etapa - Fossacesia – Ortona (18,4 km - CRI)

07 mai: 2.ª etapa - Teramo - San Salvo (204 km)

08 mai: 3.ª etapa - Vasto - Melfi (210 km)

09 mai: 4.ª etapa - Venosa - Lago Laceno (184 km)

10 mai: 5.ª etapa - Atripalda - Salerno (172 km)

11 mai: 6.ª etapa - Nápoles - Nápoles (156 km)

12 mai: 7.ª etapa - Cápua - Gran Sasso d'Italia (218 km)

13 mai: 8.ª etapa - Terni - Fossombrone (207 km)

14 mai: 9.ª etapa - Savignano sul Rubicone - Cesena (33,6 km - CRI)

15 mai: dia de descanso

16 mai: 10.ª etapa - Scandiano - Viareggio (190 km)

17 mai: 11.ª etapa - Camaiore - Tortona (218 km)

18 mai: 12.ª etapa - Bra - Rivoli (179 km)

19 mai: 13.ª etapa - Borgofranco d'Ivrea - Crans Montana, Suíça (208 km)

20 mai: 14.ª etapa - Sierre - Cassano Magnago (194 km)

21 mai: 15.ª etapa - Seregno - Bérgamo (191 km)

22 mai: dia de descanso

23 mai: 16.ª etapa - Sabbio Chiese - Monte Bondone (198 km)

24 mai: 17.ª etapa - Pergine Valsugana - Caorle (192 km)

25 mai: 18.ª etapa - Oderzo - Val di Zoldo (160 km)

26 mai: 19.ª etapa - Longarone - Tre Cime di Lavaredo (182 km)

27 mai: 20.ª etapa - Tarvisio - Monte Lussari (18,6 km - CRI)

28 mai: 21.ª etapa - Roma - Roma (115 km)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.