Rui Costa (UAE Emirates) conquistou hoje, pela segunda vez, o título de campeão português de ciclismo de fundo, ao impor-se ao ‘sprint’ a Daniel Mestre (W52/FC Porto), nos campeonatos nacionais, em Paredes.

O campeão do mundo em 2013 reconquistou a camisola lusa, que envergou depois de se sagrar campeão nacional em 2015, ao bater Mestre, no final dos 164,8 quilómetros da prova.

Rui Costa concluiu o percurso em 4:04.05 horas, o mesmo tempo de Mestre, e menos 28 segundos do que Francisco Campos (W52-FC Porto).

José Mendes, que defendia o título, não concluiu a prova, que teve início e fim na zona industrial de Gandra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.