O ciclista português Filipe Cardoso (Efapel-Glassdrive) ganhou hoje a terceira e última etapa do 34.º Grande Prémio Abimota, conquistado por Sérgio Ribeiro (Louletano-Dunas Douradas).

“Serginho” foi segundo na tirada, que ligou Oliveira do Bairro a Estarreja, no total de 178 quilómetros, um resultado que lhe permitiu conservar a liderança da geral e, consequentemente, garantir a vitória final.

A última etapa da competição não foi de passeio nem de consagração, com a corrida a ser muito atacada e movimentada e a forçar trabalho adicional da Efapel-Glassdrive, que impediu que qualquer fuga desse resultado.

Na aproximação à meta, a equipa feirense lançou da melhor forma Filipe Cardoso, que conseguiu bater a dupla do Louletano-Dunas Douradas formada por Sérgio Ribeiro e Jorge Montenegro, segundo e terceiro, respetivamente.

«No início da etapa disse aos meus colegas que a colocação era 50 por cento da vitória. A equipa fez um trabalho cinco estrelas. Durante a etapa, eliminámos grande parte dos sprinters e, na fase final, a equipa fez uma aproximação à meta espetacular e eu só tive de rematar», explicou o vencedor.

Na geral individual, Sérgio Ribeiro conseguiu conservar a camisola amarela do primeiro ao último dia, impondo-se com uma vantagem de seis segundos sobre Montenegro e Cardoso, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

«A chegada de hoje era muito rápida, não se adequando às minhas características. Tentei apenas defender-me o melhor possível para vencer este Grande Prémio», revelou Sérgio Ribeiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto