O esloveno Simon Spilak (Katusha) sucedeu hoje ao português Rui Costa no palmarés de vencedores da Volta à Suíça em bicicleta, depois de ter sido o segundo no contrarrelógio individual da última etapa, disputado hoje em Berna.

Simon Spilak, que partiu para a etapa de hoje na terceira posição da geral, percorreu os 38,4 quilómetros do contrarrelógio em 48.36 minutos, a 18 segundos do vencedor, o holandês Tom Dumoulin (Giant).

O francês Thibaut Pinot (FDJ), que partiu de amarelo para a derradeira etapa e liderou a prova durante vários dias, concluiu na 14.ª posição, a 1.50 do vencedor, e acabou por ficar fora do pódio, terminando a prova na quarta posição.

Simon Spilak, que em 2010 venceu a Volta à Romandia, concluiu a prova com o tempo total de 30:15.09 horas, repartindo o pódio com o britânico Thomas Geraint (Sky) e com o holandês Dumoulin (Giant), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

O português André Cardoso (Cannondale-Garmin) concluiu o contrarrelógio na 101.ª posição, a 5.31 minutos do holandês e fecha a competição no 36.º posto, com mais 26.39 minutos que Spilak.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.