O suíço Stefan Küng (Groupama-FDJ) venceu hoje o contrarrelógio que deu início à Volta à Suíça em bicicleta, aproveitando o exercício individual em Frauenfeld para assumir a liderança da geral individual.

Küng, um dos grandes especialistas da atualidade no ‘crono’, cumpriu os 10,9 quilómetros com partida e chegada em Frauenfeld em 12 minutos, batendo por quatro segundos o compatriota Stefan Bissegger (Education First-Nippo), segundo, e por 12 o italiano Mattia Cattaneo (Deceuninck-QuickStep), terceiro.

O tetracampeão suíço de contrarrelógio prossegue o bom ano de 2021, somando a segunda vitória da temporada, depois de ter vencido o ‘crono’ da Volta à Comunidade Valenciana, o que lhe valeu o triunfo final à frente do português Nelson Oliveira (Movistar).

Por outro lado, Küng deixa para trás a ‘desilusão’ em Friburgo, no final da Volta à Romandia, em que foi apenas 15.º, aproveitando para liderar a ‘sua’ Volta, onde já venceu uma etapa em 2018.

O único português em prova, Rui Costa (UAE Emirates), vencedor da ‘Suíça’ por três vezes, esteve hoje aquém das expectativas ao ser 74.º, a 59 segundos do vencedor.

Na segunda-feira, a segunda de oito etapas liga Neuhausen am Rheinfall a Lachen em 178 quilómetros, com três contagens de montanha de segunda categoria no percurso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.