O ciclista alemão Tony Martin recuperou esta quarta-feira o título mundial de contrarrelógio, ao vencer a prova disputada em Doha com o tempo de 44.42,99 minutos, competição na qual Nélson Oliveira foi 20.º.

Tony Martin, que assim conquistou o seu quarto título mundial, igualando o suíço Fabian Cancellara, superou em 45.05 segundos o segundo classificado, o bielorrusso Vasil Kiryienka, enquanto o espanhol Jonathan Castroviejo foi terceiro, já com mais 1.10,91 minutos do que o germânico.

Nélson Oliveira cumpriu os 40 quilómetros do traçado em 47.18,59 minutos, mais 2.35,60 do que Tony Martin, que juntou o título de hoje aos conquistados em 2011, 2012 e 2013.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.