O espanhol Vicente de Mateus (Aviludo-Louletano) venceu hoje ao 'sprint' a segunda etapa da Volta a Portugal em bicicleta, disputada entre Beja e Portalegre, na distância 203,6 quilómetros, tendo Rafael Reis (Caja Rural) conservado a liderança.

Vicente de Mateus, que gastou 5:47.25 horas para cumprir o percurso, superou sobre a meta o seu companheiro de equipa Luís Mendonça, segundo na tirada, e o norueguês Trond Trondsen (Team Coop), terceiro, num final de etapa que ficou marcado por uma queda já nos últimos metros.

Nos 10 primeiros, Edgar Pinto, do Vito-Feirense-Blackjack foi o segundo melhor português, ao terminar na 4ª posição, à frente do espanhol Gustavo Veloso, o melhor da W52-FC Porto. Rinaldo Nocentino foi o melhor do Sporting-Tavira, ao cortar a mesa na 7.ª posição.

A prova ficou marcada por uma queda nos últimos metros antes da meta, queda essa que atrasou alguns corredores. Na queda estiveram envolvidos, entre outros, Cesar Martingil .

Na classificação geral, Rafael Reis manteve a liderança conquistada no prólogo da prova, com os mesmos dois segundos para César Martingil (Liberty Seguros-Carglass), segundo classificado, resultados apenas confirmados depois de os comissários da prova terem analisado a queda e determinado a sua influência nos cortes que se verificaram.

A exemplo do sucedido na quinta-feira, durante a primeira etapa, a tirada foi disputada debaixo de muito calor, tendo várias corporações de bombeiros prestado auxílio ao longo do percurso, atirando água aos corredores e à própria caravana.

No sábado, disputa-se a terceira etapa, que vai ligar a Sertã a Oliveira do Hospital, na distância de 195,3 quilómetros.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.