A Volta a Espanha em bicicleta de 2022 vai partir da cidade holandesa de Utrecht, que deveria ter recebido o arranque da Vuelta em 2020, antes da alteração do percurso devido à pandemia, anunciou hoje o diretor da corrida.

Javier Guillèn manifestou-se satisfeito com “o regresso aos Países Baixos”, depois de a edição de 2020, que tinha três etapas previstas em solo holandês, “um país basilar do ciclismo”, entre as quais a partida em Utrecht, ter sido fortemente condicionada pela pandemia de covid-19.

“Os Países Baixos são uma garantia de sucesso a nível organizativo e não tenho qualquer dúvida que, não obstante a complexidade da situação atual, seremos capazes de promover um evento seguro e bem sucedido”, assinalou o diretor da Vuelta, que passou pela última vez por aquele país há 13 anos.

A edição de 2022 recupera o que estava previsto para 2020, com Utrecht a marcar o arranque da corrida, com um contrarrelógio por equipas, e a servir de meta da segunda etapa, com partida em ‘S-Hertogenbosch, enquanto a terceira tirada tem partida e chegada em Breda.

A 77.ª edição da Vuelta vai ser a segunda a partir dos Países Baixos, depois de Assen, em 2009, e a quarta do estrangeiro, uma vez que também já teve partida em Lisboa, em 1987, e em Nîmes, em 2017.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.