O alemão John Degenkolb (Lotto Soudal) é o primeiro ciclista a abandonar a 107.ª Volta a França, depois de ter chegado fora de controlo na primeira etapa da competição.

No seu regresso ao Tour, após um ano de ausência, o vencedor de 10 etapas na Vuelta e do Paris-Roubaix (2015) foi declarado fora de controlo pelos comissários da prova, ao chegar a Nice com um atraso de 17.58 minutos para o vencedor, o norueguês Alexander Kristoff (UAE Emirates).

Degenkolb, que na sua última participação na ‘Grande Boucle’ tinha conquistado uma etapa, trabalhou arduamente durante a etapa para reintegrar no pelotão o ‘sprinter’ da sua equipa, o australiano Caleb Ewan, depois de este ter ficado distanciado do grupo, para o qual chegou a ter um atraso de seis minutos, na sequência de uma das muitas quedas que marcaram hoje os 156 quilómetros entre Nice Moyen Pays e Nice.

“Dia de azar para a equipa. John Degenkolb está fora. Philippe Gilbert está a ser examinado no hospital. Caleb Ewan também caiu”, lamentou a equipa belga numa publicação na rede social Twitter.

A Lotto Soudal fica assim reduzida a sete elementos, com apenas uma etapa disputada e outras 20 para chegar a Paris, em 20 de setembro, e Ewan, um dos nomes fortes do ‘sprint’, perde o seu lançador.

Alexander Kristoff (UAE Emirates) venceu hoje ao ‘sprint’ a primeira etapa da Volta a França, marcada pela chuva e pelas quedas, vestindo a camisola amarela inaugural da 107.ª edição.

Kristoff ‘sobreviveu’ à atribulada jornada de 156 quilómetros entre Nice Moyen Pays e Nice, em que caíram favoritos como o francês Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) e o colombiano Nairo Quintana (Arkéa–Samsic), impondo-se ao campeão mundial, o dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo), segundo, e ao holandês Cees Bol (Sunweb), terceiro, com o tempo de 3:46.23 horas.

O norueguês é também o primeiro camisola amarela da 107.ª edição da prova francesa, com quatro segundos de vantagem para Pedersen e seis para Bol, liderando um pelotão agora com 175 elementos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.