O Presidente da República vai estar hoje na terceira etapa da Volta a Portugal em bicicleta, que vai ligar a Sertã a Oliveira do Hospital (177,8 quilómetros) e que vai homenagear as vítimas dos incêndios de 2017.

A etapa Vida, como foi intitulada pela organização, vai passar por grande parte dos concelhos afetados pelos incêndios de 2017, que vitimaram várias dezenas de pessoas, com Marcelo Rebelo de Sousa a assistir à chegada na Sertã.

Vencedor do prólogo, o português Rafael Reis (Caja Rural) vai defender mais um dia a liderança, tendo dois segundos de vantagem sobre César Martingil (Liberty Seguros-Carglass) e três sobre Daniel Mestre (Efapel).

Após uma etapa sem qualquer contagem de montanha, os ciclistas terão de ultrapassar uma tirada de constantes altos e baixos, com cinco prémios, o último dos quais de terceira, em Lagos da Beira, a pouco mais de quatro quilómetros da meta.

Logo aos 25,8 quilómetros, o pelotão vai passar pela primeira contagem, com uma passagem pela Mó Grande (quarta categoria), seguindo depois para a principal dificuldade, na Serra da Lousã (66,9), uma subida de segunda.

Ainda por ultrapassar ficam uma contagem de terceira, aos 98,4 quilómetros, em Góis, uma de quarta, aos 166,1, e a de Lagos da Beira, já na aproximação à meta.

Como é habitual, o percurso vai ter três metas volantes, em Pedrógão Grande (17,6), Lousã (88,6) e Tábua (141,2).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.