O português Ricardo Vilela vai disputar a edição de 2020 da Volta a Espanha em bicicleta, ao substituir Jorge Cubero na Burgos-BH, devido a “problemas de saúde sem relevância médica” do ciclista espanhol, anunciou hoje a equipa.

“Problemas de saúde sem relevância médica, mas incompatíveis com a participação em competições ao mais alto nível, obrigaram à substituição de Jorge Cubero por Ricardo Vilela. O bom desempenho na Volta a Portugal está na base da presença [de Ricardo Vilela] na prova mais importante da época”, informou a Burgos-BH.

A equipa espanhola precisou que Cubero apresentou sinais de febre e mal-estar e que, apesar de “já estar quase recuperado” e de todos os testes de despistagem à covid-19 terem tido resultado negativo, “era aconselhável a substituição por outro ciclista”.

Ricardo Vilela é o quarto atleta português confirmado na 75.ª edição da Vuelta, que vai ser disputada entre terça-feira e 08 de novembro, depois de Rui Costa e Ivo Oliveira, ambos da UAE Emirates, e de Nelson Oliveira, da Movistar.

A Vuelta de 2020 estava inicialmente marcada para o período entre 14 de agosto e 06 de setembro, deveria partir dos Países Baixos e passar por Portugal, vai ser disputada em 18 tiradas – em vez das 21 habituais – entre Irún, no País Basco, e Madrid.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.