A União Ciclista Internacional (UCI) anunciou hoje a suspensão de Wilson Diaz, colombiano que venceu a camisola de montanha na Volta a Portugal, e de João Gaspar, ciclistas da equipa brasileira Funvic Soul Cycles-Carrefour.

Ambos os ciclistas acusaram positivo por CERA, uma variante da EPO, durante a participação na Volta a Portugal deste ano, em que Wilson Diaz conquistou a classificação de montanha (25.º na geral) e João Gaspar foi desclassificado na quinta etapa.

A vitória na montanha deve agora passar para as mãos do segundo classificado, o português Joni Brandão, da Efapel.

A decisão deixa a Funvic Soul Cycles temporariamente suspensa e pode levar a um castigo definitivo à equipa brasileira do pelotão secundário por um período de 15 dias a um ano.

O caso da equipa brasileira passou agora da UCI para o comité disciplinar do organismo.

Em agosto, antes da prova de estrada dos Jogos Olímpicos Rio2016, o colega de equipa Kléber Ramos foi desqualificado da prova por ter testado positivo por CERA durante os treinos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.