O belga Yves Lampaert (Deceuninck-QuickStep) venceu hoje a última corrida WorldTour de um dia do calendário de ciclismo de 2020, ao impor-se a solo na Brugge-De Panne à frente de um colega de equipa e compatriota, Tim Declerq, segundo.

Lampaert, de 29 anos, cumpriu os 188,6 quilómetros entre Brugge e De Panne em 3:57.12 horas, com 21 segundos de vantagem para o companheiro de equipa e 22 para o também belga Tim Merlier (Alpecin-Fenix), terceiro.

A prova de um dia serviu para uma demonstração de força da Deceuninck-QuickStep, que colocou mais dois ciclistas no ‘top 10', com Lampaert a ser o 15.º corredor diferente da formação belga, que lidera a Volta a Itália com o português João Almeida, a vencer em 2020.

Numa corrida marcada pelo vento, que pressionou o pelotão ao longo de todo o dia no traçado plano, o belga conseguiu vencer finalmente em 2020, depois de vários pódios, no 11.º triunfo da carreira profissional.

Duas vezes vencedor da Dwars voor Vlaanderen (Através da Flandres), venceu uma etapa na Volta a Espanha em 2017 e a Volta à Eslováquia em 2019, tendo este ano ficado no segundo lugar da Omloop Het Niewsblad.

O vento foi o principal adversário no dia de hoje e afastou mesmo o holandês Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) de lutar pela vitória, três dias depois de se impor na Volta a Flandres, após uma queda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.