Orlando Duarte participou este fim-de-semana no Workshop “Futsal dentro e fora do campo” em Santarém.

No final da sua comunicação e quando questionado sobre se iria manter-se à frente da selecção nacional de futsal, Orlando Duarte mostrou-se algo evasivo: “Amanhã não sei onde estou. Vivo um dia de cada vez. A minha perspectiva de vida é esta, viver os dias com intensidade e com paixão, depois logo se vê. Gosto de me sentir bem onde estou, nas coisas que faço, de corpo e alma, com a minha consciência a ditar o que hei-de fazer”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.