A equipa "encarnada", treinada por André Lima, esteve longe de fazer um bom jogo e só perto do final da primeira parte, aos 17 minutos, chegou ao golo, com Joel Queirós a fazer o 1-0.

Na segunda metade também foi nos últimos minutos de jogo, aos 36, que o Boticas restabeleceu a igualdade, com Simas a passar por Arnaldo e Ricardinho e a rematar na zona frontal para o 1-1.

O jogo entrou então num ritmo "louco" e Joel Queirós, aos 38 minutos, voltou a entusiasmar os adeptos, bisando e colocando o Benfica novamente em vantagem (2-1), com um remate de fora da área.

Seria uma vantagem de pouca duração, já que a formação de Vila Real voltou a igualar no minuto seguinte, com o capitão Lincon, descaído no lado direito e de fora de área, a rematar para o 2-2.

Na outra meia final da Taça, disputada na sexta feira, o Belenenses deu um importante passo rumo à final, ao vencer em casa do Instituto D. João V por 4-0, com golos de Diego Sol (2), Pedro Cary e Paulinho.

A segunda mão das meias-finais desta Taça de Portugal de futsal, com o Benfica a visitar o Boticas e o Belenenses a receber o Instituto D. João V, está agendada para 14 de Abril.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.