Joel Queirós deu vantagem ao Benfica no final da primeira parte, através da transformação de um livre, colocando a bola por baixo das pernas do guarda-redes Zuev.

O golo trazia justiça ao resultado, uma vez que o Benfica esteve por cima do encontro nos primeiros 20 minutos.

Na segunda metade da partida, os russos entraram determinados em dar a volta aos acontecimentos, mas o Benfica sobe suster o ímpeto adversário e voltou a marcar.

Aos 4 minutos, Davi aparece esquecido na ala direita, recebe a bola e faz um cruzamento remate que foi aproveitado da melhor maneira por César Paulo. O pivot apontou o segundo golo dos encarnados.

No entanto, o Ekaterinburg nunca se deu por vencido e, com a frieza habitual que caracteriza os russos, soube ir empurrando o Benfica para a sua área.

Timoshchenkov e Khamadiev materializaram o maior ascendente do Ekaterinburg, empatando a partida a dois golos.

Os últimos minutos do encontro foram de total sufoco para o Benfica, que, no entanto, conseguiu aguentar-se até ao término do jogo.

O Benfica segue para a final-four da competição

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.