“A chamada de primeira página é falsa. Da capa para a página 14, o director passa a ex-director e, afinal, já não tem nada a ver com o Benfica desde 2007”, lê-se na nota enviada às redacções.

O clube esclarece que Luis Moreira, o visado, “nunca foi director do Sport Lisboa e Benfica. Tinha, efectivamente, responsabilidades no futsal, numa altura em que a modalidade era “externa” ao clube, ou seja, usava o nome do clube” e esclarece que “foi pela fuga do Sr. Luis Moreira que o Benfica decidiu assumir a responsabilidade da modalidade”.

No comunicado emitido pelo gabinete de imprensa encarnado, questiona-se, ainda, a responsabilidade da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC): “Será que alguém na ERC se preocupa com este tipo de jornalismo? Sinceramente acreditamos que não”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.