No grande dérbi da 11.ª jornada da fase regular, o SL Benfica bateu o Sporting no Pavilhão da Luz por 4-2.

Os campeões nacionais adiantaram-se no marcador muito cedo, com Pedro Cary a abrir o marcador aos 2' minutos. A equipa de Orlando Duarte entrava no dérbi a vencer, depois de se ter qualificado esta semana para a Final Four da UEFA Futsal Cup.

O Sporting revelava alguma superioridade nos minutos iniciais com o SL Benfica a apresentar um jogo algo confuso e pouco objectivo.

Contra a corrente de jogo, e na primeira real ocasião para marcar, o SL Benfica empatou aos 10' minutos por intermédio de Davi, após perda de bola de Leitão. O golo parece ter afectado os campeões nacionais que permitiram uma forte reacção da parte do SL Benfica.

Aos 13' minutos, Diece, numa grande jogada individual, fixou o 2-1 para o SL Benfica. Os encarnados conseguiram equilibrar a partida depois de uma entrada muito forte do Sporting.

O Sporting empatou no minuto seguinte por intermédio de Marcelinho, após uma grande jogada de Alex em que a bola sobra para Marcelinho que conclui facilmente, já sem ninguém na baliza.

Com a igualdade no marcador, as duas equipas equilibraram-se no jogo, criando várias ocasiões de golo em ambas as balizas.

A um minuto do intervalo, o SL Benfica chegou à vantagem no marcador através de um lance fortuito. Gonçalo Alves fez o 3-2 na sequência de uma jogada de insistência do ataque encarnado em que ao dividir a bola com Benedito, esta acabou por ressaltar para dentro da baliza.

No segundo tempo, Orlando Duarte foi obrigado a substituir o guarda-redes João Benedito pelo jovem Gonçalo.

O SL Benfica revelou-se mais dominador no segundo tempo, não permitindo uma reacção ao Sporting nos primeiros 10 minutos do segundo período.

Aos 29' minutos, o Sporting esteve perto de empatar o encontro num grande trabalho de Marcelinho com Vítor Hugo a sair da área para limpar o perigo. O jogador leonino seguia isolado para a baliza e quase fez o 3-3. Depois coube a Gonçalo Alves tirar a bola da linha de golo após defesa incompleta de Vítor Hugo.

Num período em que a equipa do Sporting parecia determinada responder à desvantagem, o SL Benfica ampliou o resultado para 4-2 aos 33' minutos com Diego Sol a ser o autor do tento encarnado. O guarda-redes leonino ainda evitou o primeiro remate, mas na recarga o brasileiro não deu hipótese e colocou o Benfica a vencer por 2 golos de vantagem.

Com uma vantagem confortável, a equipa do SL Benfica procurou reduzir o espaço de manobra do Sporting, estando mesmo perto de ampliar o resultado nos minutos finais.

O Sporting perdeu pela primeira vez esta temporada, ficando a cinco pontos dos rivais da Luz que sobem à liderança provisória da prova.

No final do encontro, a polícia foi obrigada a usar uma bomba de fumo para acalmar os ânimos nas bancadas, onde alguns adeptos do Sporting atiraram foguetes que caíram muito próximo da bancada de imprensa e quase atingiram adeptos do Benfica, numa zona onde estavam algumas crianças.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.