Depois de o Dínamo Moscovo ter vencido o Belenenses na primeira jornada do torneio, era chegada a hora de jogar diante do Benfica.

Os russos até entraram melhor no encontro ao denotar uma maior eficácia do que o adversário. Cirilo e Rômulo colocaram a formação forasteira a vencer por 2-0.

O Benfica não se intimidou, soube reagir e até ao intervalo deu a volta ao marcador. Aos 16 minutos, Davi desviou da melhor forma um remate de César Paulo e reduziu a vantagem Nos dois minutos seguintes, Pedro Costa e Joel Queirós apontaram mais dois tentos e consumaram a reviravolta no marcador. Foi com uma vantagem de 3-2 que o jogo seguiu para o intervalo.

Já no segundo tempo, o Dínamo entrou determinado e empatou o encontro. Mas nada que colocasse em causa a supremacia encarnada que, de pronto, por Davi voltou a estar por cima do marcador.

O jogo foi decorrendo numa toada de parada e resposta com golos de parte a parte, até que perto do fim, novamente Davi, em noite goleadora, apontou o 6-5, resultado com que se chegou ao fim do encontro.

No primeiro jogo desta pré-época com um adversário de elevado grau de dificuldade, os pupilos de Paulo Fernandes deram uma boa resposta.

Hoje joga-se a terceira jornada do Torneio com o Benfica a defrontar o Belenenses, a partir das 21 horas, no pavilhão da Quinta dos Lombos, em Carcavelos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.