O Benfica recebeu e venceu esta tarde o Sporting, por 2-1, no primeiro jogo da final do campeonato português de futsal, ganhando assim vantagem na luta pelo título nacional.

Num pavilhão da Luz com mais de duas mil pessoas a assistir, os encarnados entraram bem na partida e chegaram ao golo logo aos 4' por Bruno Coelho, com o internacional português a finalizar bem na cara do guardião André Sousa, depois de um passe errado da defesa do Sporting.

Apenas dois minutos depois, Rafael Henmi dilatou a vantagem do Benfica para dois golos, com um remate colocado na sequência de uma reposição lateral de Chaguinha. O tento da equipa de Joel Rocha vinha assim evidenciar a má entrada do Sporting em campo, onde a desconcentração e falta de agressividade foram extremamente penalizadas.

Nuno Dias pediu à sua equipa para reagir e os leões acabaram por se reerguer e reentrar na discussão do dérbi, equilibrando as operações.

Porém, foi preciso esperar pela segunda parte para ver um golo do Sporting, com Marcelinho a reduzir para 2-1 aos 24', numa bomba depois de um canto de Caio Japa. Os leões passaram então a ter a iniciativa do jogo, mas a solidariedade e coesão dos encarnados acabou por suster o ímpeto leonino. E nem a tática de 5x4 dos leões foi capaz de furar a defesa do Benfica e empurrar o jogo para o empate.

Assim, com o resultado final de 2-1, o Benfica parte na frente da final do campeonato de futsal, reforçando o domínio nos dérbis mais recentes, não tendo perdido qualquer um dos últimos seis duelos com o rival Sporting.

O segundo jogo da final do campeonato está marcado para este domingo, às 15h00, novamente no Pavilhão da Luz.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.