Os Campeões do Mundo de futsal que pertencem ao Sporting - João Matos, Erick Mendonça, Pauleta, Tomás Paçó, Zicky Té e Miguel Ângelo - estiveram esta quarta-feira na Academia do clube, em Alcochete, para falar sobre a conquista do Mundial e partilhar a sua experiência com os elementos das equipas jovens dos 'leões'.

Na plateia estiveram os plantéis de sub-19 e sub-23 do Sporting Clube de Portugal, acompanhados pelas respectivas equipas técnicas, assim como por funcionários de todas as áreas que trabalham na Academia.

"Foi bom ouvir o exemplo deles e ouvir o percurso de cada um porque todos eles tiveram algumas dificuldades. O caso do Erick Mendonça a mim comoveu-me em particular. Ele esteve vários anos afastado e isso custa muito. Nós por vezes ficamos um ou dois meses e já nos parece imenso tempo. Não conhecia a história dele, mas foi bom ouvir e ver que ele conseguiu superar isso", afirmou, ao site oficial do clube, Luís Gomes, um dos atletas que assistiu à palestra dada pelos Campeões do Mundo.

Martim Marques, outra das jovens promessas da atualidade do futebol do Sporting, também se congratulou com o que ouviu. "Disseram-nos coisas muito importantes para o nosso percurso enquanto jogadores e sublinharam sobretudo que sem trabalho não chegamos a lado nenhum. O exemplo do Zicky Té é incrível. Ele começou mesmo de baixo e lutou para chegar onde queria e, neste momento, com 20 anos é Campeão do Mundo e já tem uma Liga dos Campeões. Isso não é para qualquer um. Acredito que, apesar de ainda ter uma carreira curta, trabalhou muito para conquistar tudo isto", sublinhou.

João Matos, capitão da equipa de futsal do Sporting, destacou a ligação existente no clube entre o futebol e as restantes modalidades, que considera essencial.

"Estivemos aqui com miúdos que querem ser profissionais, que trabalham todos os dias para isso, tal como eu trabalhei noutra modalidade e hoje em dia pode dizer-se que atingi o topo do Mundo. O processo é complicado, mas é preciso frisar-lhes que todo o trabalho e a dedicação serão recompensados. É bom partilhar e saber que eles também nos querem ouvir e que nos acompanham", referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.