A polémica entrada em campo de Taynan na final da Taça da Liga de futsal entre Benfica e Sporting continua a gerar polémica. O ala das águias, Chishkala fez uma publicação no Instagram onde arrasa o colega dos leões, defendendo que Taynan "violou o princípio básico do desporto"  e acredita que "perdeu o direito de ser considerado atleta".

"O seu ato é tão horroroso e vergonhoso porque viola o princípio básico sobre o qual o desporto foi fundado, o conceito de competição justa. Este conceito é primordial e todas as regras e regulamentos foram escritos com base nele. É de lamentar, mas o Taynan nem sequer entende o que fez. Violou o código do atleta e devia pedir desculpa, não só a todos os jogadores do Benfica e do Sporting, mas a todos os que jogam em Portugal e não só", começou por escrever Chishkala, antes de aprofundar as críticas.

"Em segundo lugar, deve pedir desculpas a todas as crianças que praticam e assistem a jogos de futsal pelo anti-exemplo que mostrou. Em terceiro lugar devia pedir desculpa aos demais na frente de árbitros, dirigentes e adeptos. Em vez disso anda aí a 'postar' fotos com a taça como se nada tivesse acontecido e fica feliz com a vitória apesar de ter violado todas as regras escritas e não escritas da modalidade. Perdeu o respeito e o direito de ser considerado atleta", concluiu o russo, finalizando com um vídeo do sucedido.

Recorde-se que quando faltava 1.22 minutos para o final do jogo e com o resultado em 3-2 favorável ao Sporting, Taynan entrou em campo travando um contra-ataque no qual os jogadores do Benfica estavam com três elementos ofensivos, contra dois defensivos dos leões. Taynan viu apenas o amarelo, o resultado não voltou a mudar e a equipa leonina levantou o troféu da Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.