O diretor desportivo dos checos do Chrudim, Tomáš Hamsa, garantiu hoje que a equipa vai “tentar surpreender” o Sporting no decisivo embate dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futsal.

“O Sporting jogou nas últimas quatro temporadas por três vezes a final e esta é a melhor competição do mundo de futsal. O Sporting é um clube de topo a nível europeu e nós vamos tentar surpreender”, afirmou o responsável na conferência de imprensa de antevisão do jogo deste sábado, notando que “este novo formato da prova é melhor para pequenas equipas” do mundo do futsal: “Amanhã [sábado] podemos ter sorte e entrar nos oito melhores da Europa”.

Em representação do treinador Felipe Conde, que não compareceu devido ao cansaço de um longo dia de viagem desde a República Checa que “começou às duas da manhã” e só resultou na chegada ao hotel em solo português “às quatro da tarde”, Tomáš Hamsa – que se exprimiu num misto de português e espanhol – realçou também que o facto de o jogo não poder contar com público é favorável às pretensões do Chrudim.

“Todos querem jogar com os adeptos, a competição deve ter público. Mas, respondendo à pergunta, creio que sim, é melhor ter aqui só 100 pessoas do que 3.000 e, portanto, essa é uma vantagem para nós”, sentenciou.

O Sporting chegou aos ‘oitavos’ após vencer em casa, por 12-1, os dinamarqueses do JB Futsal Gentofte, enquanto o Chrudim bateu os luxemburgueses do Differdange, por 4-0.

O embate entre o Sporting e o Chrudim, referente aos oitavos de final e que decide o acesso à fase final da Liga dos Campeões de futsal, está agendado para este sábado, às 17:00, no Pavilhão João Rocha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.