A formação orientada por Venancio López derrotou a seleção russa por 3-1 e é, novamente, campeã Europeia de futsal. 

A Rússia colocou-se em vantagem através de Pula (33’), mas a Espanha acreditou até final e Sérgio Lozano (39’) tornou-se no herói do encontro ao proporcionar a reviravolta no marcador.

O espanhol marcou a 34 segundos do final, obrigando a partida a ir para prolongamento, e depois, nessa fase, fez o decisivo 2-1.

No último segundo do encontro, Borja conseguiu ainda aumentar a contagem para  3-1, rematando para a baliza contrária, que se encontrava deserta, fruto da estratégia do cinco para quatro que estava a ser utilizada pelo adversário.

A Espanha teve a chamada "estrelinha" nesta final pois, embora a tenha procurado, os dois golos de Sergio Lozano desviaram em adversários, traindo o guarda-redes Gustavo. A Rússia sai do Europeu de cabeça erguida pois jogou "olhos nos olhos" com a Espanha.

Este é o quinto título Europeu oficial na história da seleção espanhola, e o quarto consecutivo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.