As equipas da ENE de Luanda, em masculinos, e PC de Benguela, em femininos, conquistaram este domingo, na cidade do Huambo, os campeonatos angolanos séniores de futsal.

Num jogo equilibrado, do início ao fim, a formação do PC de Benguela derrotou a favorita Coprat de Luanda, por 3-2, depois de ter estado em desvantagem ainda nos minutos iniciais.

Ao intervalo as novas campeãs angolanas, que sucedem o Cardis do Namibe, venciam por 2-1.

Já em masculinos, numa partida muito mais renhida que a das femininas, a ENE teve que aplicar-se bastante para revalidar o título, o 3.º consecutivo, ante um adversário que disputou o jogo de igual para igual.

A formação do Académico do Namibe saiu para o intervalo em vantagem, 2-0, mas na etapa derradeira veio ao de cima a experiência e a qualidade individual e coletiva da ENE que marcou quatro golos, contra um sofrido, fixando o resultado em 4-3.

Antes das duas finais, foram realizados os jogos para as classificativas do 3.º lugar, tendo em femininos a Amazónia do Bengo goleado o Cardis do Namibe, campeão da época passada, por 9-2, enquanto em masculinos a Escolinha do Namibe venceu, por 5-2, a Coprat de Luanda.

As equipas do Sorrildo do Huambo, em femininos, e Angola Telecom de Benguela, em masculinos, foram consideradas revelação destas provas abertas no dia 3 deste mês.

A organização atribuiu o trofeu de melhores jogadores a Joice, da Coprat de Luanda, e Jorge dos Académicos do Namibe, ao passo que Solange, do 4 de Junho do Huambo, e Paulo, da Angola Telecom de Benguela, foram os melhores marcadores.

Os atletas Stélvio, da ENE, e Marina, do PC de Benguela, foram distinguidos por serem os guarda-redes que menos golos sofreram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.