O Jogo 3 da final do Campeonato Nacional de Futsal jogou-se na noite de domingo, mas continua a dar que falar esta segunda-feira. É que o encontro terminou com um triunfo por 2-1 do Sporting sobre o Benfica que deixou os leões a uma vitória do título, mas no lance do segundo golo, em que a bola rematada por Erik bate no poste, nas costas do guarda-redes do Benfica e caminha para a linha de golo, ninguém consegue ter a certeza de a bola ter ou não transposto na sua totalidade a linha.

Ora, naturalmente, as opiniões dividem-se entre os dois eternos rivais lisboetas, com cada um a olhar para o lance na perspetiva que mais lhe convém.

Benfica pede "respeito"

Logo após o encontro, o Benfica queixou-se da arbitragem do jogo, considerando que, no referido lance, a bola não transpôs totalmente a linha de baliza. Em nota publicada nas suas redes sociais, as 'águias' exigiram "respeito quer por parte da Federação Portuguesa de Futebol quer por parte da arbitragem".

"O Benfica, enaltecendo a grande qualidade do jogo de futsal que opôs, esta noite, a nossa equipa ao Sporting Clube de Portugal, lamenta que o jogo tenha sido decido por um golo em que a bola, manifestamente, não entra toda na baliza, como ditam as regras. O Benfica foi mais uma vez prejudicado e exige respeito quer por parte da Federação Portuguesa de Futebol quer por parte da arbitragem. A entrega de faixas de campeão não pode ficar refém de estados de alma de quem dirige a modalidade e tem por missão defender a verdade desportiva", pode ler-se na referida nota.

"O Sport Lisboa e Benfica foi mais uma vez prejudicado e exige respeito quer por parte da Federação Portuguesa de Futebol quer por parte da arbitragem. A entrega de faixas de campeão não pode ficar refém de estados de alma de quem dirige a modalidade e tem por missão defender a verdade desportiva. O Sport Lisboa e Benfica quer ainda realçar o carácter dos seus atletas que, mesmo perante as adversidades, foram enormes na defesa do seu emblema", acrescenta ainda o clube da Luz.

Sporting garante que argumentação do Benfica é "desmentida pela realidade e por imagens"

Ora esta sexta-feira o Sporting veio a público responder ao rival, garantindo que as imagens do lance comprovam que o golo foi bem validado e apontando também o dedo a erros de arbitragem em prejuízo dos 'verdes e brancos'.

"O Sporting Clube de Portugal vem por este meio informar que a equipa Campeã Europeia de futsal quando ganha, ganha dentro de campo – aliás, como qualquer modalidade neste Clube. Ganhar assim não é uma opção, é uma forma de estar e viver o Desporto, com valores que o Clube se orgulha de honrar. Valores e postura que mantemos na vitória e na derrota, não tentando, cada vez que as coisas não correm como planeado, encontrar subterfúgios", começam por escrever os 'leões', também, no seu site oficial.

"Depois da vitória por 2-1 do Sporting CP frente ao SL Benfica em jogo a contar para a final dos play-offs do Campeonato de Futsal, o SL Benfica emitiu um comunicado que em nada honra a sua instituição, na defesa de uma argumentação que é desmentida pela realidade e por imagens. O golo que ontem selou a segunda vitória do Sporting CP é válido", frisa o Sporting.

"Emitir um comunicado sobre lances que de forma fácil se constata que nunca existiram é lamentável, e mesmo incompreensível, especialmente após os dois primeiros jogos da final dos play-offs, onde os critérios das arbitragens interferiram na dinâmica do jogo a seu favor. Ou mesmo depois da agressão que ontem passou em claro já no final do jogo, aponta ainda o emblema leonino.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.