Foi perante um Pavilhão Multiusos de Odivelas esgotado, que o Sporting arrancou um empate frente ao Dínamo de Moscovo (3-3) que lhe permitiu seguir para a final-four da UEFA Futsal Cup.

Na zona mista, o capitão da equipa de futsal do Sporting salientou, a importância da presença dos adeptos para empurrar a equipa para o objetivo traçado.

“É muito bom, não só o facto de passarmos, mas hoje, perante esta família leonina, é fantástico. É uma sensação muito boa estar com a nossa família e passar à fase final da maior competição de clubes”, declarou.

O jogador reconhece que o Sporting não fez “um grande jogo”, mas isso não o impede de classificar este plantel com o melhor de sempre.

“Na minha cabeça, o Sporting era favorito e tinha um plantel superior. Mostrámos que temos boas armas e que somos fortes. Este é o Sporting com melhor equipa de sempre, com mais qualidade, e tentámos pôr isso em evidência”, atirou.

Nesse sentido, o jogador leonino não esconde a ambição que a equipa tem de finalmente levantar o troféu de campeão europeu, mesmo sabendo o valor dos adversários que estarão na final-four.

"O Sporting já ficou em quarto, em terceiro, em segundo.. É o que falta. Seja onde for, e queremos muito que seja cá, ambicionamos um título europeu no futsal. Se temos qualidade para isso? Temos, mas não basta admitir, temos de o provar e vamos trabalhar para isso”, finalizou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.