O jogador João Matos fez esta terça-feira a antevisão ao encontro entre Sporting e Benfica, na quarta-feira, da Supertaça de futsal. O capitão dos leões almeja um jogo “intenso e competitivo” para lograr o 28.º cetro no clube de Alvalade, que guiou a sete triunfos anteriores na terceira prova do futsal luso.

“Aquela velha história do erro e do pormenor poderá definir a vitória e estamos em alerta para todas as situações. Trabalhámos algumas variantes para causar surpresa, mas a grande probabilidade de o jogo se resolver em transições ou esquemas táticos e com o guarda-redes à frente nos últimos minutos é garantida. A equipa que for mais consistente defensivamente estará mais perto de ganhar”, frisou o fixo, em conferência de imprensa.

Acreditando que o domínio interno e europeu dos ‘verde e brancos’ em 2020/21 “nada vale” à partida para a primeira decisão desta época, o internacional português desejou “ganhar tudo novamente”, confiando nas "armas fortes e suficientes” frente às ‘águias’.

“É impossível estar descansado ante o Benfica. São duas equipas fortes, entre as quatro melhores da Europa, e será um jogo complicado para ambos. Nunca na vida entraremos de salto alto. Vamos estar sempre em alerta e desconfiados e temos de jogar de uma maneira intensa e organizada, com atitude correta e as emoções equilibradas”, finalizou.

Sporting e Benfica vão defrontar-se pela sétima ocasião na Supertaça, após três vitórias para cada lado, numa altura em que os ‘leões’ comandam a fase regular da Liga, com 39 pontos, mais oito do que o Benfica, que jogará na condição de vice-campeão nacional.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.