O selecionador de futsal reconheceu, esta quinta-feira que a sua equipa denotou alguma ansiedade na primeira parte, mas sobe crescer ao longo do jogo e garantir um triunfo justo diante da Eslovénia.

“Acabámos por entrar algo ansiosos. Não foi uma primeira parte de muita qualidade. Não pensámos nem decidimos muito bem a ocupar os espaços. Eles foram inteligentes na abordagem ao jogo. Depois quando percebemos e nos sentimos confortáveis no jogo, as coisas surgiram e fomos criando um resultado que me parece normal”, analisou, em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol.

Este triunfo permitiu a Portugal garantir desde já a passagem aos quartos-de-final. Jorge Braz saúda o alcançado, mas lembra que quer vencer a Sérvia e terminar o Grupo A na liderança.

“O primeiro objetivo está conseguimos, já passámos, mas agora o próximo objetivo é vencer a Sérvia. Ganhar o jogo e ponto”, concluiu.

O jogo Portugal - Sérvia, relativo à segunda jornada do Grupo A, está agendado para as 20 horas deste sábado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.