“O Luparense é uma equipa muito forte, que tem muitos jogadores brasileiros que já jogam há vários anos na Europa e que estão habituados a este tipo de competições, por isso temos de pensar primeiro no Luparense e só depois é que pensamos na final”, disse Ricardinho, em declarações à Benfica TV.

Um factor que poderá ser importante para o sucesso da campanha europeia do Benfica é a presença de adeptos encarnados no pavilhão Atlântico, local onde se realiza a final-four.

“Noto que os adeptos estão entusiasmados e acho que vão estar em massa no Pavilhão Atlântico. Mesmo sendo uma casa emprestada, nós precisamos do público do Benfica! Nós acreditamos, mas precisamos sempre daquele 12.º jogador, para nos dar a força que é preciso na fase final.”, sublinhou o 10 do Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.