Nuno Dias relativizou o impacto do desaire do Sporting neste domingo contra o Benfica, no segundo jogo da final do campeonato português de futsal.

Para o treinador do Sporting, os leões poderão voltar a ganhar vantagem na Luz. «Já lá ganhámos para o campeonato e não me parece assim tão relevante. Este ano nunca houve grande distinção entre jogar fora e em casa, pela forma como os adeptos nos têm acompanhado. Aliás, fora de casa tivemos só vitórias e foi em casa que perdemos com o Rio Ave... e hoje», sublinhou o técnico leonino.

Questionado sobre as diferenças entre a goleada conseguida no sábado e a derrota desta tarde, Nuno Dias apontou o dedo à falta de concretização: «O jogo teve momentos parecidos com o de ontem, mas hoje fomos muito pouco eficazes. criámos bastante, até demais, e não conseguimos concretizar. Essa foi a diferença de ontem para hoje. Tentámos tudo, fomos a melhor equipa, a que mais quis ganhar, mas isso traduz num empate e depois a lotaria calhou aos outros.»

A terminar a sua conferência de imprensa depois do jogo disputado no pavilhão multiusos de Odivelas, Nuno Dias deixou ainda uma crítica implícita ao Benfica, acusando os encarnados de queimar demasiado tempo de jogo. «Infelizmente o jogo não foi bom. Houve muito jogo parado e não é bom. Eu gosto é que o jogo ande, que haja fluidez, ritmo e dinâmica, e não é bom fazer no futsal o que se faz no futebol de onze. São estratégias...», rematou.

A final do campeonato nacional de futsal entre Sporting e Benfica está agora empatada (1-1), prosseguindo o duelo no próximo sábado, no pavilhão da Luz. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.