Mário Patrício marcou presença no Pavilhão Paz e Amizade para assistir ao dérbi de futsal. O ambiente esteve sempre  muito quente e isso foi visível não só pela massiva presença das claques e pela agressividade dentro das quatro linhas, mas também  pela dura troca de palavras entre o dirigente leonino e Carlos Paulo, atleta do Benfica que estava também na bancada, tendo os dois de ser separados.

Após o jogo e em declarações ao site do Sporting, Mário Patrício criticou duramente a dupla de arbitragem: «Nunca tinha visto uma arbitragem como a de hoje (sábado). Na primeira parte, se não fosse a força anímica dos jogadores e a exibição de Cristiano, o resultado teria sido o que a arbitragem queria. Estou muito apreensivo com os jogos que se adivinham. Na época passada fomos campeões e se calhar estamos a pagar por isso».

O dirigente referiu ainda que «foi evidente a pressão que o banco do Benfica fez (…) Foi demasiado evidente que o árbitro estava ali para nos prejudicar e fez o seu trabalho».

O jogo terminou com a vitória do Benfica por 4-1.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.