O Benfica venceu, no pavilhão da Luz, o Belenenses e qualificou-se para as meias-finais da Taça de Portugal de futsal.

Após o encontro, o treinador da equipa da casa sublinhou a atitude dos seus pupilos: «O Benfica teve um pulmão muito grande, um coração enorme e uma entre-ajuda que não deixa dúvidas a ninguém».

Os números finais não indicam as dificuldades pelas quais passou o Benfica para vencer o jogo. A perder por 2-0 aos quatro minutos, os encarnados tiveram de dar a volta ao resultado.

Paulo Fernandes considera que esse facto poderá até ter motivado os jogadores para a vitória que vieram a conseguir: «Foram desatenções. Descompensámos um dos corredores laterais e foi por aí que apareceram as situações de golo. Acho que foi preciso isto para despertar o Benfica».

A equipa da Luz irá continuar num ciclo complicado de jogos, algo que não é motivo de preocupação para o técnico, mas sim de motivação: «Não é a condição física que me preocupa. Tenho confiança naquilo que fazemos e no que está planeado e os resultados estão à vista».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.