Orlando Duarte é o novo responsável técnico pela equipa de futsal do Sporting. No regresso a Alvalade, o técnico leonino afirmou que os objectivos para a próxima temporada são a conquista de títulos.

"Não conheço nenhum treinador que entre naquilo que for para perder, portanto os objectivos são para ganhar. Há quatro provas. Ganhar as quatro provas são os nossos objectivos."

"Comigo não é para brincar, é para ganhar sempre"

O ex-seleccionador nacional, vice-campeão europeu, assinou um contrato válido por duas temporadas, com mais uma de opção, e vai ser acompanhado por Bruno Varandas, Raúl Oliveira e Simão Assunção no comando técnico dos leões. No regresso a Alvalade, Orlando Duarte afirma que a vitória vai ser sempre o objectivo da equipa.

"Como há nove anos deixei o clube campeão, houve o cuidado de me entregarem o clube novamente campeão, o que eu agradeço. Agora, em qualquer prova em que nós estejamos inseridos, mesmo torneios particulares, mesmo jogos particulares, comigo não é para brincar, é para ganhar sempre, seja naquilo que for. Não há jogos de treino, há jogos particulares. Não há torneios, seja para aquilo que for, para melhorar a competência da equipa, evidente que é, mas sempre na perspectiva da vitória. Não consigo funcionar de outra maneira. Não me interessa o passado, as lojas de antiguidades é que vivem do passado. Nós vivemos do presente, perspectivamos o futuro, e é esse o nosso trabalho e o nosso compromisso para com este clube."

Motivado por regressar a um casa onde se trabalha com paixão e dedicação pela modalidade

O treinador português sucede assim a Paulo Fernandes, no comando técnico da equipa leonina, no regressou a um clube onde se sagrou campeão nacional há nove anos atrás. Na apresentação oficial aos sócios, Orlando Duarte confessou que está muito motivado por regressar a um casa onde se trabalha com paixão e dedicação pela modalidade.

“Com quem vou trabalhar agora é com gente apaixonada, dedicada e entusiasmada por futsal e o espaço onde estava antes não é igual nem pouco mais ou menos. Não existe qualquer semelhança”, afirmou o técnico, deixando algumas críticas à Federação Portuguesa de Futebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.