O internacional da seleção portuguesa de futsal, Ricardinho, considerou hoje que o segundo jogo de preparação com o Brasil, na sexta-feira, é “uma nova oportunidade para conseguir um feito inédito”, que é vencer a seleção ‘canarinha’.

“Estes jogadores têm de esquecer quem têm pela frente, respeitar sim, mas não ter o temor de querer ganhar ao Brasil ou de limpar registo de derrotas e vitórias entre as duas seleções. Já conseguimos empates, mas falta-nos a vitória”, disse Ricardinho, em declarações ao ‘site’ da Federação Portuguesa de Futebol.

Com efeito, a história dos embates entre as duas seleções regista 17 derrotas e quatro empates para Portugal nos 21 jogos realizados frente aos pentacampeões mundiais.

O capitão da equipa das 'quinas’ mostra-se autocrítico em relação à atuação da seleção portuguesa no primeiro jogo frente ao Brasil, que perdeu por 6-1: “Amanhã [sexta-feira] temos mais uma oportunidade de tentar alcançar algo inédito, que é vencer o Brasil. Acima de tudo, espero que tenhamos mais alma e espírito de equipa do que tivemos no primeiro jogo, que não foi bem conseguido da nossa parte. Mais o mais importante é que não era a eliminar, não valia três pontos, espero que sirva de aprendizagem.”

Admite que nenhum jogador quer perder, muito menos ao serviço da seleção, mas reconhece que “é algo que nem sempre se pode controlar, seja por um dia menos bom, seja porque o adversário é muito forte”, como é o caso do Brasil.

Recorda que a seleção portuguesa vinha de um registo fantástico, de 15 jogos sem perder, mas considera que o mais importante é “manter esse registo” quando vierem os "jogos a doer".

“Temos de fazer muito melhor do que fizemos no primeiro jogo, respeitar o adversário, mas não ter temor de jogar e ser Portugal. O desporto tem esta coisa fantástica que é dar oportunidade de melhorar e limpar tudo o que se fez de mal. Vamos dar a cara por Portugal para vencermos o Brasil pela primeira vez”, reforçou Ricardinho.

A seleção portuguesa volta a defrontar o Brasil na sexta-feira, a partir das 19:00, no pavilhão número um do estádio da Luz, depois de ter sido derrotada por 6-1 no primeiro jogo, na quarta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.