Hoje dá-se o terceiro round do mais “caloroso” dérbi do futsal: Benfica – Sporting. Depois de nos dois primeiros jogos, na casa dos leões, se ter registado uma vitória para cada equipa, neste terceiro jogo é a vez do Benfica beneficiar do factor casa.

Por um lado, a equipa orientada por André Lima tem a vantagem de nunca ter perdido, esta temporada, no seu reduto com os leões. Nos dois encontros aí disputados, o Benfica empatou um e venceu outro.

Por outro, o Sporting está determinado em voltar ao título de campeão nacional que lhe foge desde 2005/2006. A equipa de Paulo Fernandes mostrou nos dois primeiros jogos uma boa atitude e que pode ombrear em campo com o Benfica em quaisquer condições.

Caso o Benfica vença os dois jogos este fim-de-semana, sagra-se campeão nacional pela quarta vez consecutiva, algo inédito na história da modalidade.

Mas caso o Sporting consiga desfeitear os encarnados, uma vez que seja no Pavilhão da Luz, força o quinto jogo e traz a decisão final do título nacional para sua casa.

Esta final tem sido quente não só pela envolvência inerente a um próprio dérbi, isto é, um ambiente ao rubro, com as claques das duas equipas a fazerem-se ouvir do primeiro ao último minuto, mas também pelo facto de Sporting e Benfica terem trocado “galhardetes” entre si no que diz respeito à arbitragem dos dois primeiros jogos.

O encontro de hoje contará com 2500 pessoas na bancada, o número máximo de lotação do pavilhão da Luz.

Sporting e Benfica jogam este sábado, a partir das 17 horas e voltam amanhã a encontrar-se para o quarto jogo, agendado precisamente à mesma hora.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.