A seleção portuguesa de futsal viajou hoje para a Eslovénia, onde vai disputar dois particulares de preparação com os anfitriões do Euro2018, em jogos que Varela considerou “importantes” para a equipa nacional.

A formação lusa, que hoje viajou de Lisboa para Liubliana, disputa na terça-feira e na quarta-feira dois encontros com a congénere eslovena, que vai organizar o Europeu de janeiro do próximo ano.

Para esta deslocação, Portugal estará instalado no mesmo hotel em que ficará no próximo ano e vai poder jogar, no segundo encontro, no mesmo pavilhão em que se jogará a competição.

“É muito relevante conhecer os sítios onde a equipa vai passar muito do seu tempo. Será importante jogar na Eslovénia. Esta viagem e estes jogos vão fazer parte de uma ambientação que servirá para nos adaptarmos a tudo”, explicou o pivot do Sporting Varela, em declarações ao sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na Internet.

Varela espera “dois jogos complicados”, que permitirão à seleção das ‘quinas’ poder preparar-se “da melhor maneira para o que vamos ter pela frente no futuro” e adaptar-se à cidade e às instalações.

O jogador do Sporting destacou ainda o trabalho feito nos escalões mais jovens da seleção, que é “muito importante” para os atletas terem “uma melhor habituação às exigências”.

Varela é um dos jogadores que o selecionador Jorge Braz chamou pela primeira vez este ano e o pivot quer justificar a aposta do técnico.

“Penso que tenho cumprido e o mister Jorge Braz tem vindo a dar-me oportunidades de forma a ver o meu trabalho na Seleção e de apurar se sou capaz de ser uma mais-valia para o grupo”, atirou.

No Euro2018, que decorre de 30 de janeiro a 10 de fevereiro, Portugal está inserido no Grupo C, com Roménia e Ucrânia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.