A seleção portuguesa de futsal venceu hoje a Sérvia, por 3-2, no primeiro de dois jogos particulares disputados no Pavilhão Multiusos de Sines, de preparação para a fase de qualificação do Campeonato do Mundo de 2020.

A seleção nacional, que na quarta-feira volta a defrontar a equipa da Sérvia, às 17:00, não contou com alguns dos melhores jogadores, incluindo o melhor do mundo, Ricardinho, mas apresentou uma equipa competitiva e recheada de bons valores, que dão garantia para o futuro da modalidade em Portugal.

Atual campeão europeu de futsal, Portugal esteve melhor na etapa inicial e poderia ter marcado logo aos 10 minutos de jogo, quanto teve um remate ao poste da baliza da Sérvia, mas foi nos muitos finais que a equipa nacional desperdiçou as melhores oportunidades de inaugurar o marcador.

Erick quase marcava no final da etapa inicial, mas o guarda-redes Jakov Vulic defendeu o remate do jogador português e a recarga saiu ao lado do poste esquerdo da baliza da Sérvia.

Pouco depois Márcio bem se esticou mas não conseguiu a fazer o desvio de cabeça que daria o primeiro golo de Portugal e a primeira parte terminou com o resultado de 0-0, sem que a seleção portuguesa tivesse traduzido em golos a superioridade evidenciada durante a etapa inicial.

A segunda parte começou da melhor forma para a seleção sérvia que surpreendeu a equipa portuguesa e chegou ao golo (0-1) aos 20 segundos (20.20) por Stefan Rakic, que rematou sem hipóteses de defesa para o guarda-redes Vítor Hugo, que rendeu Bebé ao intervalo.

Pelo que tinha feito no primeiro tempo, Portugal não merecia sofrer o golo adversário, mas viu-se a perder no primeiro minuto da etapa complementar.

A seleção portuguesa respondeu com três golos no espaço de três minutos, por Bruno Coelho, André Coelho e Fábio Cecílio. Num ápice, a equipa portuguesa fazia jus ao título de campeão da Europa e colocava-se a vencer por 3-1.

Aos 32 minutos foi assinalada uma grande penalidade contra a equipa portuguesa e Marko Peric não desperdiçou a oportunidade e estabeleceu o resultado final em 3-2.

Jogo no Pavilhão Multiusos de Sines

Portugal - Sérvia, 3-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Stefan Rakic, 20.20 minutos.

1-1, Bruno Coelho 23.53

2-1, André Coelho, 24.30

3-1, Fábio Cecílio, 25.20

3-2, Marko Peric, 32.47 (grande penalidade)

Equipas:

- Portugal: Bebé, Tiago Brito, Bruno Coelho, Márcio e Nilson. Jogaram ainda: André Coelho, Coelho, Afonso, Fábio Cecílio, Mário Freitas, Miguel Ângelo, Vítor Hugo (GR), Erick e Tunha.

Selecionador: Jorge Braz.

- Sérvia: Jakov Vulic, Marco Peric, Stefan Rakic, Denis Ramic e Milos Simic. Jogaram ainda Andrija Stankovic, Milan Mutavdzic, Vladan Vésic, Kristijan Radin, Nikola Matijevic, Stefan Krstic, Miroslav Stefanovic (GR), Strahinja Petrov e Uros Krasnic.

Selecionador: Goran Ivancic.

Árbitros: Miguel Castilho e Petar Radojcic.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Marko Peric (24.12)

Assistência: cerca de 1.600 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.