“São duas equipas que se equivalem, muito competentes, com jogadores de qualidade, os melhores neste Europeu. Chegaram à final com muito mérito e foram as melhores”, explicou José Luís Mendes.

O técnico falou na conferência de imprensa de antevisão da partida, em Jaén, Espanha, ao lado do homólogo espanhol, Albert Canillas.

Analisando a partida, entre duas equipas que “se conhecem bem”, perspetivou “um jogo equilibrado em que ambas as seleções vão querer ganhar”.

“Esperemos que seja um grande jogo de futsal e que ganhe a melhor equipa”, resumiu, por seu lado, o ‘capitão’ de Portugal, Furtado.

Além da possibilidade de vencer o torneio, José Luís Mendes destacou a missão formadora dos escalões jovens, lembrando como Tomás Paçó, entre outros jogadores, estiveram neste patamar antes de vencerem o campeonato da Europa e o Mundial sénior pela seleção ‘AA’.

“O nosso grande foco e objetivo é esse. Claro que queremos ganhar, mas o principal é potenciar as capacidades destes miúdos para que um dia mais tarde possam chegar à seleção principal”, afirmou o técnico.

Do lado de Espanha, Albert Canillas espera defrontar uma equipa de Portugal “muito boa tecnicamente e taticamente”, qualidades que se aliam ao poderio físico, mas também se mostrou ambicioso e com vontade de vencer a final a jogar em casa.

“A equipa que menos erros cometer, que trate melhor dos detalhes e estiver mais concentrada, for mais eficaz, vai ganhar. São muitos fatores, mas estou tranquilo e com confiança de que vamos chegar bem à final”, comentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.