A equipa lisboeta é a anfitriã daquele agrupamento, cujos jogos se vão realizar no pavilhão no Multiusos de Odivelas, entre 24 e 27 de novembro, devendo ter como principal opositor o clube moscovita, que era um dos quatro cabeças de série.

O Sporting, recordista de títulos nacionais, com 13 campeonatos conquistados, já organizou a fase de elite da competição por quatro vezes, em 2010, 2011, 2013 e 2014, tendo ainda acolhido uma vez a ‘final four’, em 2015.

Os detentores do troféu, os russos do Ugra Yugorsk, são os cabeças de série no grupo B, que integra também os azeris do Araz Naxcivan, os alemães do Hamburgo Panthers e os croatas do Nacional Zagreb, anfitriões do minitorneio.

O grupo A é composto por Almaty (Cazaquistão), Nikars Riga (Letónia), Rieti (Itália) e Feniks (Kosovo), enquanto a ‘poule’ C é constituída pelo Inter Movistar (Espanha), onde alinha o português Ricardinho, os sérvios do Ekonomac Kragujevac, os checos do Chrudim e os eslovenos do Brezje Maribor.

O Sporting foi uma vez finalista vencido da Taça UEFA de futsal, em 2010/11, edição em que perdeu o jogo decisivo frente aos italianos do Montesilvano, sendo o Benfica a única equipa portuguesa que venceu a competição, em 2009/10, em Lisboa, ao derrotar na final os espanhóis do Interviú.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.